Tradutor


quarta-feira, 11 de abril de 2012

Corrente, Correia ou Cardã ???

   Existem (3) três amplas formas de transferir a potência do motor para o pneu traseiro que foram derivadas do sistema das bicicletas. Transmissões por corrente, correia e cardã, que não são tecnologias novas não ao contrario do que muita gente pensa.

Harley Davidson Modelo 7D de 1911 810cc
   Essas tecnologias já vem de muito tempo, um bom exemplo e as correias, foram uma das primeiras formas de transferir a potência do motor para a roda traseira só que no começo elas eram de couro e perdiam aderência muito facilmente ao entrar em contato com a água e outros lubrificantes e arrebentavam com frequência. Hoje com o avanço da tecnologia as correias já são dentadas e trabalham em pulias também dentadas oque resolveu o problema da aderência, no entanto perdem eficiência quando são submetidas a temperaturas mais elevadas e a resistência das correias em questão que não é muito bem vista pois tendem a arrebentam em altas rotações, basta observa que este sistema é amplamente usado nas Harley-Davidson e nas Escooters estão se tornando padrão pois trabalham com rotações mais baixas e as correias roubam entorno de 10% da potência. Para melhorar quando as correias arrebentam não destroem a carcaça do motor e são muito silenciosas.

   Os possuidores de maquinas com sistema cardã sustentam que é o melhor sistema, mais no entanto é o que mais rouba potência do motor entorno de 15%, por isso é muito usado nas Big-trail que compensa pelo torque abundante e potência elevada. Esse sistemas é o que tem maior peso inviabilizando a relação peso potência e o deixando de fora das motos de competição.
  Também não é uma tecnologia inovadora já vem sendo usada desde os anos 80.
    Claro que melhorou muito e é um ótimo sistemas para quem tem motos grandes, pois não precisam de manutenções e cuidados constantes, e torna a moto muito silenciosa, no entanto a quebra de um sistema desses... bem é melhor nem pensa.

   E o mais usado derivados das bicicletas o famoso kit de andamento, coroa, pinhão e corrente. Esse sistemas é o mais usado pelo simples fato de ser o melhor dentro todos os outros sitados acima, é o que rouba menos potência do motor entorno de 5%, tem melhor custo beneficio e também tem maior facilidade de manutenção tal qual o próprio proprietário pode fazer a troca sem maires complicações. Oque faz muita gente ter uma raiva eterna desse sistema e a manutenção excessiva no que diz a lubrificações e regulagens constantes da corrente, esse sistema também é o mais barulhento. Apesar de tudo é o sistema absoluto quando se fala em motos de alta cilindrada esportivas usadas para competições tanto no asfalto com em rally ou em trilhas.






Um comentário:

Blog do Chaddad disse...

Uma ótima reportagem. Eu tenho um moto com cardã,mas prefiro corrente. Abraço.

Postar um comentário

Obrigado pela visita, espero que tenha gostado.
Seu comentário é muito importante e enrriquece o conteúdo.